ATENÇÃO: Esse post pode conter pequenos spoilers sobre “Quando o amor bater à sua porta”. Nada que vá estragar sua leitura, masss… fica o aviso para quem não gosta! ;)

Muitos leitores de “Quando o amor bater à sua porta” já vieram me contar que adorariam conhecer a Fazenda Ashram, um dos mais apaixonantes cenários da história – e inclusive me perguntam se esse lugar existe, para que possam ir visitá-lo e vivenciar sua própria jornada de busca interior.

Para alegria dos que se apaixonaram pela fazenda, trago a boa notícia: existe sim um lugar que, embora não seja idêntico, foi a minha inspiração para a criação deste lugar maravilhoso nas páginas do livro. Conheça a Fazenda Lila!

lila1

(Fotos do blog da Fazenda, tiradas por Marcella Karmann)

OBS: Clique em cada foto para visualizar maior e com melhor resolução!

Assim como a fictícia Fazenda Ashram, a Fazenda Lila é um magnífico espaço isolado na natureza destinado a hospedar e receber grupos em eventos e retiros, normalmente relacionados a Yoga, silêncio e outros propósitos semelhantes. Está situada na cidade de São Bento do Sapucaí e o mapa de acesso é liberado aos grupos já agendados – pois não recebem visitantes nem atendem hóspedes individuais, como um hotel fazenda, apenas grupos.

lila2

Vários quilômetros de estrada de terra devem ser percorridos antes de chegarmos à fazenda - o que é ótimo, pois o lugar é realmente isolado! Chegando lá, você é recebido pela família linda e amorosa que administra o local e toma conta de tudo. Eles preservam muito suas raízes e sua religião, e confesso que me inspirei neles para criar os irmãos Kanu e Hanita - embora, em meu livro, Kanu seja mais rigoroso e radical do que a amável família da Fazenda Lila na verdade é. Ainda assim, as instruções que Malu ouviu sobre retirar os sapatos para adentrar os cômodos ou não desperdiçar os recursos naturais, eu também ouvi. Falando em recursos, a comida deles é maaaaaravilhosa, produzida com o que é cultivado no local de forma ahimsa (sem violência). E, claro, não consomem carne.

lila12
Horta da família

lila28

A sala de refeições é linda e aconchegante! E aqueles pãezinhos maravilhosos que Malu e Luiz Otávio provaram existem meeeeesmo! (risos)

 

As acomodações são ótimas, com quartos muito confortáveis de aspecto rústico, típicos de fazenda, e agrupados por ambientes. Se eu pudesse usar uma palavra para defini-los, seria: serenidade.

lila21

Lembra quando Malu sobe uma trilha e encontra uma sala de Yoga com paredes de vidro e, mais adiante, um templo de meditação? A inspiração também veio de lá! Na Lila, há uma trilha morro acima que leva até a sala de práticas, e ali, no ponto alto da fazenda, é possível praticar Yoga com a linda vista da Serra da Mantiqueira que nos cerca. Já a Sala do Silêncio e o templo de meditação foram criados por mim especialmente para o livro, não existem por lá.

lila10
Vista da sala, lá no alto
lila13
Haja fôlego para subir essa escada depois da trilha!
lila9
Vista lateral da sala de prática
lila4
Dá saudade só de ver!
lila24
Não é inspirador praticar em um lugar desses?
lila7
Meditação especial…

 

Cachoeiras? Sim, elas também existem por lá – e são tão gelaaaaadas quanto Malu pôde sentir na pele! Até mesmo aquela queda d’água em que Luiz Otávio se arrisca a se banhar existe, e ela cai daquela piscina natural que também é descrita no livro – essas últimas, confesso, foram cópias descaradas do local verdadeiro! hahaha

lila5
Minha inspiração para a “Cachoeira da Rosa”
lila17
Como não se inspirar?
lila11
A piscina natural… lugar mágico!
lila20
Outro ângulo da piscina natural, com o fio d’água que vem da rocha mais alta
lila14
A queda d’água que vem da piscina natural! (seria Luiz Otávio na foto? rs)

 

A paisagem do local é incrível e há várias trilhas para caminhada!

lila27    lila26

lila25    lila23

lila22    lila19

lila18    lila8

 

E quer lugar melhor para ver o céu noturno do que em meio à natureza, sem a poluição visual da cidade grande? Assim como Malu, você terá uma visão maravilhosa das estrelas…

lila16

 

As atividades organizadas pelo líder do grupo do retiro ou pelos próprios moradores locais podem incluir noites com fogueira para cantoria, meditação e até mesmo rituais como o “Ritual do Fogo” descrito no livro, o qual em grande parte aprendi por lá.

lila6    lila29

 

A Fazenda Lila, como podem ver, trouxe inspirações preciosas para “Quando o amor bater à sua porta“… e, mais que isso, inspirou também várias frases soltas que, no livro, retratei como as inspirações da Malu! Uma delas é:

“(…) um silêncio diferente dos outros silêncios; um silêncio profundo, um silêncio palpável. Um silêncio que vinha de dentro de si”

(e era bem como eu me sentia mesmo, quando essa frase foi rabiscada em meu bloco de anotações!)

Para quem gosta (ou precisa…!) de contato com a natureza e adoraria vivenciar uma profunda experiência de autoconhecimento e contato com seu eu interior, recomendo acompanhar a programação da Fazenda Lila e participar dos eventos que promovem, ou embarcar em alguma excursão de retiros e encontros agendados para o local. A energia do lugar é incrível! E, se você for com o coração aberto, dificilmente voltará para casa do mesmo jeito que chegou lá…

Ah, claro: se você for escritor, deixe papel e caneta a postos porque o que não vai faltar é inspiração! ;)

lila15

Espero que tenham gostado desse post! Foi preparado com todo o carinho para lhes permitir conhecer um pouco mais do meu mundo… e de onde vieram minhas inspirações!

100_4702

Beijos cheios de carinho,

Sam :*